domingo, 26 de maio de 2013

Primavera

Tumblr_mkke02utqp1rop01so1_500_large

O amor inunda-nos devagar, mas dizem que pode deixar-nos rapidamente. Aprendi o sabor da primavera e do chilrear dos pássaros no dia em que me ensinaste a melodia dos teus olhos e as histórias dos teus lábios. Oh, e que doces histórias essas que me contaste, de todas as vezes que  me abraçaste e entrelaçaste os teus dedos nos meus. Foram tantas as vezes que me deixei adormecer fingindo que me aquecias com os braços e tantas outras em que a Lua nos aquentava os corações mergulhados no rio que eram os nossos corpos cansados. E eu tinha saudades do Sol e era quase borboletas poisadas numa pétala de rosa chorada antes de te encontrar. Já não me tenho, já não me sinto. Levaste-me, a mim e às mil canções que te cantei antes de adormeceres e beijares-me o peito em outras tantas noites dançadas. E eu espero, um dia, voltar a ser primavera nos teus braços.

14 comentários:

  1. Adorei, simplesmente adorei o texto!

    ResponderEliminar
  2. adorei o texto princesa, embora, infelizmente cada vez menos me façam acreditar no amor /:

    ResponderEliminar
  3. Espero que a primavera volte a habitar o teu quente coração e que te faça sorrir de olhos fechados docemente .este texto está do amor , querida Inês . Beijinho *

    ResponderEliminar
  4. Olá.
    Em primeiro lugar, tenho que dizer que foi um prazer enorme descobrir o teu blog, uma vez que é cada vez mais difícil para mim encontrar blogs que me deem mesmo gosto ler, e por isso obrigada.
    Eu criei o meu blog muito recentemente, e está ainda só no início, mas seria muito importante para mim se passasses por lá e deixasses a tua opinião!
    Sigo-te. Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigada pelas palavras, fiquei mesmo muito feliz. Gostava de te conseguir seguir, mas não estou a encontrar o teu blog. Estou ansiosa para te poder ler. Beijinhos.

      Eliminar
  5. és do amor . absolutamente do amor .

    ResponderEliminar
  6. muito obrigada linda, e já te estou a seguir neste blog também, escreves tão bem!

    ResponderEliminar
  7. maravilhoso e irás voltar a sentir todos esses sentimentos enternecedores a habitar dentro de ti, acredita. e eu hei-de alcançar a paz, ninguém me irá ensinar, eu só a encontrarei, obrigada.

    ResponderEliminar
  8. oh que querida, muito obrigada! espero bem que sim :)

    ResponderEliminar
  9. pois nao sei, tambem tenho medo de depois nao gostar ;)

    ResponderEliminar
  10. oh, muito obrigada pelas palavras reconfortantes!
    que texto tão bonito e doce <3

    ResponderEliminar

Escreve aquilo que estiveres a sentir neste momento.