quarta-feira, 3 de outubro de 2012


Andei super nervosa e ansiosa para que este momento chegasse. Não sabia o que me esperava nem fazia a menor ideia do que estaria para vir. Mas aqui vai...
Quando cheguei ainda tu lá não estavas e eu dizia as primeiras palavras tentando formar conversas entre mim e aqueles que me eram ainda desconhecidos. Ansiava por te ver e por te poder tocar e, tarde, acabaste por chegar. Subiste a escadaria com aquele teu ar simpático característico e deslumbraste-me com dois suaves beijos nas bochechas. Ao virar a cara, tocámos com os narizes um no outro e eu ri-me, fascinada com a tua simplicidade. Quando eu menos esperava, percebi que havia um certo clima entre ti e a C (rapariga nova que tinha entrado para a nossa turma). Estavam, constantemente, a proferir palavras um para o outro que me magoavam à maneira que iam chegando até mim. Falavam como se já se conhecessem há imenso tempo, mas não, nada disso. Contive-me e consegui não chorar, embora vontade não me faltasse. Não ia chorar ali, à frente de todos! Optei por fazê-lo no caminho para casa, quando um resumo daquilo que tinha acabado de acontecer me corria pela cabeça. Ah, já me esquecia! Ele ainda tem namorada, sim. Tudo isto num só dia, dói; até num mês isto havia de doer. E a verdade é essa, dói mesmo. Será que ainda gosto dele? Não, eu não posso. 

O que me apetecia agora era um passeio pelo campo como há tempos não faço, saberia-me tão bem e livrar-me-ia de todas as coisas más que gravei hoje dentro de mim. Como não o posso fazer, contento-me com a minha pequena varanda e fico a contemplar o céu e a Lua que não vejo, mas sinto.

8 comentários:

  1. óh princesa, este texto deu-me a entender que não estás bem, mas esse problema vai passar com o tempo!

    ResponderEliminar
  2. obrigada princesa, ainda não estou totalmente feliz, mas vou ficar prometoooo *-*
    acho bem que estejas!

    ResponderEliminar
  3. Pois é princesa, já andei tempo a mais de olhos fechados, mas agora vai ser sempre um sorriso nos lábios e nós? NÓS CONSEGUIMOS TUDO, basta termos força de vontade.

    ResponderEliminar
  4. é bom saber que há pessoas que nos percebem...

    ResponderEliminar
  5. se é... obrigada, também estou aqui se quiseres desabafar

    ResponderEliminar
  6. Não mandamos no nosso coração, a verdade é essa.

    ResponderEliminar

Escreve aquilo que estiveres a sentir neste momento.