segunda-feira, 29 de outubro de 2012

A estranheza da tua ausência


É estranho não te ver. As nuvens parecem-me muito mais longínquas agora que partiste daqui para fora. A chuva cai levemente lá fora mas, para mim, cai em forma de pedregulhos que parecem magoar-me à medida que insistem em bater no chão. A enorme árvore já parara de se movimentar, não se manifesta perante esta brisa gelada que tende em pairar no ar já desde bem cedo. E eu, encontro-me aqui, a sofrer silenciosamente, quase ofegante de tanto gritar que te quero aqui. A tua vida vai ser melhor aí, onde estás, foi com esse objetivo que viajaste esta distância imensa. Mas... Não posso esconder que tenho saudades tuas, isso seria errado. Sinto uma certa necessidade de ver aquele teu contagiante sorriso a que tanto me habituaste. Gostava de poder sentir-te de novo, abraçar-te de novo. Ver-te novamente só daqui a um tempo ainda indeterminado, que eu prefiro nem sequer calcular. Só quero que saibas que penso todos os dias em ti! Espero que estejas bem e que sejas muito feliz. Nunca deixes de ser a pessoa que eu conheço e admiro. Adoro-te A., nunca te esqueças de mim.
Sempre juntas.

34 comentários:

  1. Adorei ler o que escreveste. A distância não separa grandes amizades :)

    ResponderEliminar
  2. «é saudadji qui batji no meu coráção» :)

    ResponderEliminar
  3. A amizade, como já disse por aqui, ultrapassa tudo por isso esteja em que local do mundo ela estiver ela vai estar contigo! Deve ser difícil estar longe, mas pensa que é para a felicidade dela ...

    ResponderEliminar
  4. aquela menina era eu aqui à alguns anos atrás, faz parta da minha historia. mas não me moldou. sou feliz e boa pessoa, e isso não passa da memorias. mas gosto de partilhar as coisas, as pessoas precisam de saber que as coisas ruins não é só connosco ou só com os outros.

    ResponderEliminar
  5. adorei ler este texto! e sim, não há problema :) quando tiveres um tempinho falamos por lá. e concordo contigo, pareces ser bastante simpática e tenho a certeza que vamos dar-nos muito bem. beijinhos*

    ResponderEliminar
  6. Muito sentimento nesse texto. Gostei muito. Quando somos importantes apara alguém nunca somos esquecidos ;)

    ResponderEliminar
  7. ai! ups, lá está a Inês a fazer figurinha de parva. Desculpa :s xDD
    parece que não é desta que encontro alguém que odiasse inglês xD
    Boa Sorte para o estudo!
    Este texto está tão bonito1 fez-me lembrar a minha melhor amiga e os bons momentos e maus que passamos <3

    ResponderEliminar
  8. O texto está lindo, uma amizade verdadeira nunca acaba :)

    ResponderEliminar
  9. Eu não sei, talvez sim talvez não.
    O texto está muito bonito :)

    ResponderEliminar
  10. amizades verdadeiras, não terminam devido à distância :)

    ResponderEliminar
  11. Olá Inês :)
    Ainda bem que achaste isso do meu pequeno refugio, sigo-te também *
    Com carinho, Zoey ♥

    ResponderEliminar
  12. São estas amizades que valem a pensa e que nunca se esquecem, aconteça o que acontecer :)

    ResponderEliminar
  13. Own *-*
    Muito obrigada, Inês! É bom quando recebo opiniões de quem vê o que escrevo.
    Ainda bem que gostaste ;)
    Texto fantastico, fruto de uma bela amizade tenho a certeza :)
    Beijinhos*

    ResponderEliminar
  14. Agradeço sim ;)
    Fico muito feliz que assim seja e tens sorte por teres uma amizade assim!

    ResponderEliminar
  15. As amizades verdadeiras não acabam :)

    ResponderEliminar
  16. Não, Inês, não é amor! Foi apenas uma amizade. (:

    ResponderEliminar
  17. Querida, está a decorrer um projecto no meu blogue, chamado Conhecer o Mundo onde eu, assim que tiver tempo e disponibilidade, escrevo sobre algo\alguém que eu goste, cidades, blogues, enfim... E eu agora queria que esta próxima edição tivesse mais haver com vocês [os meus seguidores] do que só comigo, está tudo disponível aqui: http://cheirodoamorr.blogspot.pt/2012/10/ja-vos-tinha-dito-numa-publicacao.html#links. Conto com a tua participação! ;)

    ResponderEliminar
  18. Muito obrigado, querida! Também gostei imenso do teu, já sigo :')

    ResponderEliminar
  19. percebo tão bem o que dizes neste texto!! Já agora gosto imenso da maneira como escreves também! :) Um beijinho*

    ResponderEliminar
  20. espero que te voltes a encontrar com ela :))
    amizades assim não morrem! :D
    força!

    ResponderEliminar
  21. Que texto bonito! O teu não tem caixa de seguidores :(

    ResponderEliminar
  22. ainda bem que gostaste, obrigada fofinha! adorei este, está lindo :)

    ResponderEliminar
  23. não tens que agradecer :)
    ainda bem que gostas da musica ;)

    ResponderEliminar
  24. é bom quando a amizade é verdadeira :)

    ResponderEliminar

Escreve aquilo que estiveres a sentir neste momento.