quinta-feira, 24 de maio de 2012


Tenho saudades tuas, tenho saudades de te ver. Gostava de poder estar contigo como estou com os meus outros avós, gostava que pudéssemos brincar juntos. Quero ver-te, quero tocar-te e quero sentir-te. Eu não me lembro de ti, era ainda muito nova, é essa a verdade. Não me lembro da tua cara que dizem ser bonita nem do teu corpo que dizem ser alto; mas conheço o teu coração, tal como tu conheces o meu, talvez melhor do que eu mesma o conheço. Gostava de me recordar de alguma coisa de ti, mas agora já só te posso ver nas fotografias colocadas com carinho nas molduras lá de casa. Não te posso abraçar como nos meus sonhos nem beijar-te como gostaria de o fazer. A verdade é que já não te vou ver, não, nunca mais; já só te vejo dentro de mim. Penso em ti, a sério que penso, todas as noites e quando quero muito que algo aconteça ou quando estou triste, é a ti que peço ajuda. Sei que agora me deves ver lá de cima, bem melhor do que eu te vejo a ti. Só te vejo na minha cabeça e espero que nunca abandones o meu coração, ou melhor, espero que nunca me abandones. Olha sempre por mim, é só o que te peço, e vai-me mandando sinais. Gosto muito de ti, Avô.

26 comentários:

  1. Tão lindo *.* Percebe-se que escreveste com o coração :)


    /Ao pensar estragamos muito as coisas

    ResponderEliminar
  2. Eu sei o que é sentir falta de pessoas que já não estão entre nós

    ResponderEliminar
  3. Ele está sempre lá em cima a olhar para e por ti.

    ResponderEliminar
  4. tens razão, mas é sempre difícil s: não conheço o que é a dor de perder um avô, ainda não perdi nenhum, mas imagino as saudades que devem causar !

    ResponderEliminar
  5. mais cedo ou mais tarde acaba por acontecer.

    ResponderEliminar
  6. Obrigada querida.
    E sabes? Percebo bem o que é essa saudade de querermos o(a) nosso(a) avô(ó) ao nosso lado. E apesar de não os termos aqui, não podermos abraçá-los, beijá-los, e vê-los sempre que queremos, temo-los no nosso coração. Porque quem amamos é aí que guardamos, no coração. E sabes? Ganhaste uma estrelinha no céu quando ele deixou o nosso mundo para ir para outro muito melhor. Ele olha por ti todos os dias, vê-te crescer, vê-te lutar, vê-te tornares-te numa grande mulher e principalmente protege-te e tem sempre orgulho em ti!

    ResponderEliminar
  7. Eu sou. Porque apesar de as saudades ser cada vez mais e mais e saber que elas não vão passar eu tenho orgulho daquilo que ela me ensinou mesmo já não estando ao meu lado. E eu sei que ela me quer é a sorrir e com força para lutar para conseguir alcançar todos os meus sonhos e objectivos. Nós somos fortes, não é minha pequena Inês? :)

    ResponderEliminar
  8. ando a tentá-lo fazer. a cada dia que passa só me dá mais vontade de me refugiar, de fugir de tudo e de todos e nem sequer estar cá, mas de que é que isso me aguenta? a dor vai continuar igual, o sofrimento o mesmo, e eu nada posso mudar portanto só tenho que ser forte e sorrir para a vida :) obrigada!

    ResponderEliminar
  9. Visita o novo blog de roupa, ainda a começar mas com muitas novidades brevemente! :)

    ResponderEliminar
  10. Obrigada querida! Também gostei do teu e também te sigo!

    ResponderEliminar
  11. :OOO gostei muito do texto...e sei bem o que estas a sentir (infelizmente) Mas força nisso ;)
    Já sigo ;D

    ResponderEliminar
  12. sem dúvida que sim minha querida. essa é sem duvida a maior lição de vida que tirei disto

    ResponderEliminar
  13. Gosto muito do blog querida :$
    Vou seguir* (:

    ResponderEliminar

Escreve aquilo que estiveres a sentir neste momento.