quinta-feira, 31 de maio de 2012

Não podia não te escrever num dia como o de hoje. Eu não sabia que andavas a fazer essas coisas, que andavas metida nessas parvoíces; eu não sabia de nada. Hoje perguntei a umas raparigas que costumam andar contigo onde estavas e elas responderam-me em uníssono que te tinhas sentido mal e que estavas a medir a tensão; aí o meu coração parou. Elas estavam com um ar despreocupado, mas eu, quando soube disso, fui logo tratar de saber onde estavas e encontrei-te. Entrei na sala, disse “boa tarde” e fiquei uns segundos de pé a observar-te. Sentei-me e pus a minha mão por cima da tua e esse talvez tenha sido o pior momento. Vi-te sentada, sem força para te levantar, pálida e com os olhos fechados. Consegui perceber-te, consegui tranquilizar-te e sei que me ouviste mesmo não me respondendo. Falei contigo e perguntei-te “porque é que andaste a fazer isto? Porque é que nunca me contaste nada?” e tu, quase sem forças para abrir a tua pequena boca, respondeste-me. Eu pensava que eras capaz de me confiar tudo, mas enganei-me. Pensavas coisas que eu achava que nem te preocupavam ou que nem sequer te passavam pela cabeça. Quando te deixei com a tua mãe,  dei-te um beijo e fui-me embora. Quando estavas a andar, bem devagarinho, já sem mim, eu pensei que já podia tirar o sorriso alegre da cara de quem está a dar força a alguém e a tentar fazê-la sorrir. Chorei, chorei e chorei; nunca me saíste do pensamento até agora. Chorei agora no banho, porque sei que as lágrimas se misturam com a água do chuveiro e que não se vai notar; e estão a cair-me lágrimas agora, enquanto te escrevo. Eu adoro-te, muito mesmo. Eu não te quero ver mal, quero que brinques comigo como brincavas. Quero que sejas maluca comigo e quero que te divirtas. Tu és linda! Gorda ou magra, tu és linda. Não te preocupes com coisas que não interessam a ninguém e nunca te rebaixes. Tu és forte e eu também. Vais ultrapassar isto e eu vou estar sempre contigo, nem que, para isso, tenha de não dormir só para te ver sorrir. És linda e o que eu mais quero é ver-te bem. Por favor, para de destruir a tua vida, só assim irei parar de chorar.


37 comentários:

  1. não precisas de agradecer nada querida :) e acho que já sei mais ou menos qual é o problema da tua amiga, se calhar é o problema de muitas outras raparigas, infelizmente. estou aqui e tem força por ti e por ela, e mantem-a acordada e alertada do que está a fazer*

    ResponderEliminar
  2. gostei das tuas palavras, vou seguir *

    http://petitsmorceauxdemoi.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  3. nunca a deixes por nada , tu podes salvar uma vida , muita força para vós.

    ResponderEliminar
  4. O último que eu li foi o "Dei-te o melhor de mim" do Nicholas Sparks, na altura de férias depois dos exames do primeiro semestre.

    Tirando isso não tenho tempo nenhum para ler, a não ser os livros e materiais pedagógicos do meu curso, e mesmo assim nem esses dá para ler todos porque são muitos LOOL

    Portanto agora dependendo da época de exames é que volto a ler um livro que não seja do meu curso :P

    ResponderEliminar
  5. ela de certeza que ainda dirá algo :)

    ResponderEliminar
  6. Sabes mal de conheço , mas eu tenho orgulho em ti.
    Mesmo com os teus problemas , deixa-os para trás e só pensas no bem-estar dela , isto sim é amizade verdadeira.

    ResponderEliminar
  7. Já estive numa situação parecida á dessa miúda , e só esteve do meu lado os meus pais , doeu tanto. Mas essa menina tem-te a ti , por isto , ajuda-a sempre.

    ResponderEliminar
  8. Assim é que tem que ser.
    Eu no 5º , 6º , 7º ano , sempre fui excluída da turma e não entendo o porquê. Só quem estava do meu lado , eram uns miúdos que ainda hoje gosto muito deles. Bem , estavam sempre a chamar-me nomes ( gorda , feia ) e chegaram a bater-me na escola ( rapazes ). Chorava porque não queria ir para escola , e o meu refugio eram os cortes. Um dia fui apanhada na wc da escola e levaram-me para o consecutivo e foi aí que minha mãe soube de tudo o que se andava a passar comigo. :c

    ResponderEliminar
  9. sabes, agora que leio o texto percebo o que dizes naquele comentário. é certo o que fazes: ajudar os outros. todos precisam de apoio e pelo que vejo tu és um grande apoio para essa menina. mas também tu precisas de um suporte para te manteres erguida, por isso sempre que precisares, estarei aqui.

    ResponderEliminar
  10. muita força, não a deixes, acredita que todo esse apoio ficará para sempre no coração dela. és uma exelente amiga e ela com certeza que o sabe. força para as duas !

    ResponderEliminar
  11. Espero que tenhas razão, meu anjo. Obrigada pelas palavras, obrigada mesmo.
    E quanto ao teu texto, espero que a tua amiga esteja melhor, e que TU estejas melhor e mais calma. Vai ficar tudo bem <3

    ResponderEliminar
  12. acredita que se lhe deres o apoio necessário, ela irá sentir-se muito melhor. porque grande parte dessas pessoas simplesmente desistem e quando olham à sua volta e vêem que ninguém as ajuda ainda ficam pior.

    ResponderEliminar
  13. Não , felizmente estou bem ou quase. Eu ainda continuo a alimentar-me pouco mas é porque preciso mesmo e tenho noção disto. Mas cortar-me ou assim ,essa fase finalmente acabou , e foram com essas atitudes que cresci. (:
    Obrigada e quando precisares falar , estou aqui. :3

    ResponderEliminar
  14. tem força, por ti e para lhe transmitires a ela. nunca a deixes sozinha e ajuda-a a sorrir de novo. muita força!

    ResponderEliminar
  15. Tens que pensar também em ti. Senão pensares em ti mais ninguém pensa.
    Tens que descansar, ela irá ficar bem.

    ResponderEliminar
  16. é real, e é por ser assim tão especial e sentido por mim que sinto uma vontade enorme de escrevê-lo.
    prometo.

    ResponderEliminar
  17. Acho que acabei por entender o que se passou e qual o problema da tua amiga.. E são nestes casos que as pessoas precisam de amigos, pessoas com quem possam falar ou apenas chorar.. A tua amiga vai precisar muito de ti, mas pelo texto que escreveste a mim parece-me que ela tem muita sorte, têm uma amiga que a vai ajudar em tudo :)bjs

    ResponderEliminar
  18. se precisares de algo, já sabes linda!

    ResponderEliminar
  19. oh, entendo que estejas assim, a amizade pura é assim querida s:
    se precisares de alguma coisa, diz*

    ResponderEliminar
  20. Sabes, querida, se a tua amiga está a passar por problemas em relação ao aspecto físico, eu percebo (agora) bem o teu lado. Eu passei pelo mesmo que ela. Mas tem uma conversa séria com ela. Mesmo muito séria. Com palavras duras, ela vai lá.
    P.S.- Muito obrigada, anjo <3

    ResponderEliminar
  21. Dói, dói muito. Mas para ela, também.

    ResponderEliminar
  22. força, com tristeza não irás resolver nadinha!
    vou fazer isso :)

    ResponderEliminar
  23. Eu gosto imenso de falar e poder dar conselhos e de ouvir as pessoas portanto quando as forças te faltarem tou eu aqui..pra te ouvir :))

    ResponderEliminar
  24. eu acredito que sim, passo a passo vais recuperar para ela recuperar também :9
    neste momento estou como tu: ir-me abaixo com a dor dos outros...

    ResponderEliminar
  25. entao aqui tou eu.. é so desabafar :) manda tudo ca pra fora* alias a qualquer que precisess :)

    ResponderEliminar
  26. oh, o meu namorado não sabe o que fazer à vida, anda meiio perdido, está a acabar o 12º ano e não sabe se consegue aguentar na uni, ou se vai trabalhar, ou se trabalha apenas um ano e vai para a universidade, oh pá, uma porcaria, sabes? uma porcaria

    ResponderEliminar
  27. Olá,
    Parabéns pelo blog! Estou seguindo.
    Segue lá também..

    http://www.estanteseletiva.com/

    ResponderEliminar
  28. Talvez o facto de ter uma amiga como tu a apoia-la desta forma a esteja animar

    ResponderEliminar
  29. são estas pequenas coisas que a vão animar e ajudar a vencer cada dia e a ti também, todos os sorrisos que ela te devolver serão recompensadores :)

    ResponderEliminar

Escreve aquilo que estiveres a sentir neste momento.